terça-feira, 2 de setembro de 2008

Voltei!

Pois é, de regresso ao trabalho e também aos Blogs (confesso que já estava com saudades disto), apetece-me abrir esta nova temporada, com um breve resumo do que mais me estimulou os sentidos durante este mês que passou (aquilo que obviamente se pode escrever num blog decente como é este... LOL!)
Então foi assim:
Espectáculos/Concertos
- "Sonho de uma Noite de Verão", de William Shakespeare, Teatro Nacional D. Maria II, Iniciativa "Outros Palcos", realizado nos Jardins do Palácio da Independência - Trata-se de uma brilhante encenação do Clássico de Shakespeare, com muita música e humor á mistura. Sem dúvida, uma noite muito bem passada!
- Alliance Fest, Pavilhão dos Lombos, Carcavelos - Apesar da grande expectativa á volta deste Festival, acabou por ser uma grande desilusão, pelo menos no primeiro dia. As duas primeiras bandas (ambas portuguesas) acabaram por não tocar devido a problemas técnicos e logísticos, o que deixou o público bastante insatisfeito. Apesar disso, as bandas que actuaram estiveram bem: 3 Inches of Blood, Exodus, Finntroll (que para mim foram uma agradável surpresa) e os Moonspell, com a qualidade a que já nos habituaram, num alinhamento bastante interessante, um regresso ao passado até ao "Under the Moonspell" e "Wolfheart", sem esquecer o novo "Night Eternal". Nota negativa para a organização do evento.
- Festival dos Oceanos, Craig David, Praça do Comércio - Belo concerto de Craig David, com uma viagem aos maiores êxitos como "Seven Days", "I'm Walking away", ou "Fill me in" ou o mais recente "Let´s Dance". Nota também de destaque para o espectáculo pirotécnico no final do concerto, realmente lindíssimo.
- Festival dos Oceanos, Espectáculo "Nusquam", encenação do Teatro do Mar, Parque das Nações, Pavilhão de Portugal - uma encenação extremamente interessante desta companhia teatral de Sines, onde é retratada a nossa vida quotidiana, através de 4 personagens distintos que se cruzam apenas num momento no tempo, tendo cada um uma história diferente para contar.
Leitura recomendada
- "E se isto é um homem", Primo Levi - Relata a experiência do autor no campo de concentração de Auchwitz, entre 1943 e 1944. Trata-se de um testemunho emocionante sobre a condição humana, sobre os seus limites e os seus insuspeitáveis recursos, sobre o seu inabalável instinto de sobrevivência. Vale mesmo a pena ler.
- "Margarita e o Mestre", Mikhail Bulkagov - o livro foi escrito em 1940 e relata os seguintes factos: o Diabo, disfarçado de mágico, chega com a sua corte á Moscovo dos anos 20 para afirmar os valores do mal autêntico. As peripécias que esse acontecimento desencadeia são absolutamente estonteantes e inesperados. A não perder!
Banda Sonora
- "Once Again", Jonh Legend - Álbum datado de 2006, contém absolutas obras primas como "Save Room", "Stereo", "P.D.A. (we just don't care)" e "Maxine" (música que eu gostava que alguém tivesse escrito para mim).
- "The Black Parade", My Chemical Romance - Álbum de 2006, que muito me impressionou. Para além dos êxitos "Welcome to the Black Parade", "I don't love you" e "Teenagers", destaque para "The Sharpest lives" e "Cancer".
- "Caught in the act", Michael Buble - CD e DVD com a gravação de um espectáculo ao vivo em Los Angeles em 2005. Devo dizer que estou apaixonada pelo Michael Buble... voz perfeita, olhar intenso, postura profissional, humor inabalável e uma apurada escolha de reportório... Genial!
Deixo aqui duas pequenas amostras desse concerto: "Feeling Good" e "Sway". Destaco ainda a música "You don´t know me", que poderia ter sido escrita a pensar em mim, numa fase recente da minha vida (ver o "Letra&Música", está lá o vídeo e respectiva letra).
Enjoy!





1 comentário:

Marsh disse...

Bela lista!

Isso é que foi consumir cultura!

=)

Welcome back!

Beijo****